Home Consumo O fim do Google Reader: conheça alternativas de agregadores de feeds

O fim do Google Reader: conheça alternativas de agregadores de feeds

0 31

O Google anunciou que o Google Reader, um leitor de feeds, só funcionará até dia 1º de julho. Se você é fã do serviço e já está sentindo falta da aplicação, confira a lista que preparamos com algumas alternativas de agregadores de conteúdos.

Quem acompanha o Google Reader desde seu começo, em 2005, sabe que ele perdeu algumas funções com suas reformulações. Os órfãos dos antigos recursos podem matar a saudade com o 1kplus. Ele gera um feed de itens compartilhados, permite login integrado com redes sociais e é baseado na nuvem.

Apesar de encontrar um pouco de lentidão e ter o limite de doze feeds na conta free, o usuário do NewsBlur encontra diversas vantagens. Ele busca os feeds do Google Reader ou faz upload de um arquivo de pacote de feeds. O programa combina feeds RSS e cabeçalhos com sites reais e é integrado com redes sociais e e-mail.

O Netvibes é customizável e conta com os modos de visualização com widgets ou lista de pastas de feeds, mais parecida com o Google Reader. Basta fazer o backup do programa do Google, salvar a pasta no computador e descompactá-la. Depois, importe o arquivo XML com o nome “subscriptions” para o Netvibes e a migração está feita.

As principais funções do Pulse são bem parecidas com o Google Reader, comomarcar para ler mais tarde, compartilhar com amigos por e-mail, Facebook e Twitter. A versão gratuita só oferece espaço para 64 feeds, mas a aplicação pode ser integrada ao serviço de notas Evernote  e está disponível para iOS e Android.

Com versões para iOS e Android, o Feedly permite catalogar os conteúdos com tags específicas e é integrado às redes sociais. Para quem ficou muito apegado ao serviço do Google, os desenvolvedores do Feedly prometem uma transição suave, para tranquilizar os usuários do Google Reader.

Rápido e funcional o Feedshow salva conteúdos em PDF, altera o tamanho de fontes e oferece suporte ao Google AdSense, que é ideal para gerenciadores de blogs e sites com anúncios do Google. Mas os pontos negativos dele são a falta de integração com redes sociais e a ausência de versões mobile.

Não fique sem seu leitor de feeds. Conheça todos e veja qual você se adapta melhor.

Informática, Novidades e Tecnologia | Comentário (0)

Kanau Consumo

ARTIGOS SIMILARES